Lustres de cristal

maria-tereza-moni

Os lustres de cristal são uma ótima opção para quem deseja dar um toque especial à decoração de ambientes residenciais e empresariais. Além de serem peças clássicas na decoração, os lustres de cristal estão fazendo muito sucesso entre os decoradores e arquitetos que planejam interiores.

Características do Lustres de cristal

Os lustres de cristal são encontrados em estilos clássicos, como o Luís XV, e também em versões modernas e arrojadas, que misturam materiais para criar uma composição mais sofisticada. Os lustres de cristal são peças muito interessantes para a iluminação interna de salas de jantar, salas de TV, quartos e até banheiros. O estilo romântico e glamouroso desse item faz dele uma peça chave em qualquer projeto de decoração.

Os lustres de cristal são encontrados em diversas cores, como o cristal negro e o cristal vermelho, por exemplo, que garantem um diferencial aos ambientes. O tamanho dos lustres de cristal também variam muito. Existem peças enormes e imponentes, perfeitas para salões e salas grandes; e também existem lustres de cristal pequenos e delicados, para ambientes menores.

Essas peças podem utilizar diversos tipos de lâmpadas, com destaque para as luzes de LED, que são mais econômicas e duráveis. O grande charme dos lustres de cristal é a difusão das luzes, que refletem nos pequenos cristais e tomam conta do ambiente, conferindo uma atmosfera muito mais charmosa e elegante para os cômodos.

Na instalação, os lustres de cristal devem ficar posicionados a uma distância de 1,90 m do piso. Essas peças são excelentes para serem colocadas em cima da mesa de jantar, pois a luz é bastante agradável e aconchegante. O ideal é que os lustres de cristal sejam instalados por um profissional.

Os lustres de cristal modernos utilizam cúpulas diferenciadas, detalhes decorativos delicados e uma grande variedade de materiais. Existem peças que são únicas no mercado, assinadas por grandes artistas plásticos.

Preço dos Lustres de cristal

O preço dos lustres de cristal também variam bastante. É possível encontrar materiais mais acessíveis, como lustres que misturam cristal e vidro; e também peças sofisticadas e caras. O mundo dos lustres de cristal tem variedades para todos os gostos e bolsos. O importante é que esse item decorativo sempre causa uma boa impressão.

Conheça o Lustre Maria Thereza

lustreQuem aí já ouviu falar no Lustre Maria Thereza para iluminação de ambientes? Pois é. Sofisticados, modernos e elegantíssimos, essa linha surgiu há muito tempo.

A linha de Lustre Maria Thereza foi criada em meio ao século XVIII, quando era exclusividade para a iluminação de igrejas, mansões e castelos importantes na Europa. Nessa época, a vela de parafina ainda era utilizada, trazida oficialmente pela família real portuguesa que fugiu do país com destino ao Brasil na fuga da invasão de Napoleão.maria-tereza-moni

Desde a instalação do Império e nos períodos que marcaram toda a Monarquia do Brasil até a Independência e Proclamação da República, os Lustres Maria Thereza estão por toda parte, sendo utilizados principalmente pelas grandes famílias, nobres e burguesas.

Porém, foi no início do século XX que os brasileiros que realizavam comércio exterior na Europa começaram a trazer do local onde estavam componentes para que fosse possível a criação dos lustres no próprio país, sendo que a indústria do Lustre Maria Thereza ficou concentrada nos grandes centros urbanos, ou seja, Rio de Janeiro e São Paulo.gramado-saint-andrews-293839_1000_560-820x459

Nos dias de hoje, o Lustre Maria Thereza ainda é – e continuará sendo – sinônimo de elegância, e os motivos não são nada limitados, afinal, esse lustre significa a mistura entre sofisticação e modernidade, ao mesmo tempo em que também possibilitam um estilo mais vintage e retrô. Além disso, a iluminação que vem dos lustres Maria Thereza também é de se dar destaque, afinal, a iluminação de todo o ambiente é possível, além de todo o prestígio que o mesmo já possibilita.ct13-lustre2

Lustre Maria Thereza são a melhor opção

Para os que adoram detalhes, os Lustres Maria Thereza possuem ainda um resultado estético totalmente único e diferenciado, o que ocorre por conta da variedade sem igual de detalhes que cada um dos modelos possui. Além disso, o estilo mais clássico de luminária é ideal para a instalação em ambientes mais calmos e sofisticados.

629_ambientada

A linha de Lustres Maria Thereza também está sempre na moda e não pretende sair tão cedo, e é por conta disso que combina com qualquer tipo de decoração, dando ainda um toque de elegância ao local. Por fim, o cristal, vidro e metal são os principais materiais para composição desses lustres, que variam entre R$ 1.000 e R$ 7.000.

Lustre Maria Thereza é na Hunter Trade

Os últimos lançamentos de Lustre Maria Thereza você encontra na Hunter trade.

http://www.huntertrade.com.br

A luz certa para cada cômodo

0f637-dramaticidade

Hall de entrada
Devem ser iluminadas de forma que causem uma boa primeira impressão. A atmosfera deve ser convidativa e aconchegante. Pontos de luz difusos como Spots LED podem exercer um bom papel nesse caso.

Sala de Estar
Como é o cômodo onde as pessoas passam a maior parte do tempo, a luz deve ser confortável aos olhos e, ao mesmo tempo, possibilitar uma conversa entre amigos ou o entretenimento com a televisão, caso haja uma no cômodo. A luz pode ser focalizada nas áreas de leitura ou lazer, como jogos e outros hobbies. São muito utilizadas lâmpadas AR70 e AR111, pois são bem focadas. Spots instalados estrategicamente dão charme a obras de arte e objetos de decoração.

 
Na sala de jantar, o foco da luz deve estar na mesa

Sala de Jantar
Pode ser um ambiente bem diversificado, dependendo da atmosfera que o morador quiser criar. Com luzes baixas, ganha um ar romântico, enquanto se bem iluminada e Spots com pontos de luz focalizando objetos interessantes, se torna um local ideal para uma reunião de amigos. Lembre-se sempre que o foco principal da iluminação de uma sala jantar está na mesa, podendo abusar na escolha do Pendente que pode ser desde um  lustre de cristal moderno até um lustre Maria Thereza mais Contemporâneo  . No entanto, o projeto de iluminação deve contemplar a sala inteira.

Cozinha
Como se trata de um ambiente de intensa atividade deve ser claro e muito bem iluminado, para facilitar o trabalho e evitar acidentes. O ideal é instalar pontos de luz difusos, com luminárias que espalhem bem a luz e não criem sombras.

Escritório e área de serviço
Vale a mesma regra da cozinha. Como são áreas de trabalho intenso, devem ser bem iluminadas. Deve-se ter cerca de três vezes mais luz nas superfícies de trabalho do que no resto do cômodo. Para abajures de piso ou luminárias para  mesa de leitura, existem lâmpadas que proporcionam uma boa quantidade de luz sobre as áreas de trabalho. Em destaque Lâmpadas LED.  Superfícies de trabalho para passatempos e artes ficam ideais com lâmpadas LED com elevado índice de reprodução de cor.

Quarto
É o local da casa onde a iluminação deve ser mais confortável. Para a iluminação geral, existem lâmpadas que iluminam totalmente o quarto quando aplicadas nas luminárias do teto. A iluminação indireta, feita por luminárias de parede ou teto, como spots e plafons, podem ser usados para produzir uma luz suave para leitura na cama, por exemplo.

Banheiro
A iluminação do banheiro deve ser suave e agradável, mas luminosa o suficiente para facilitar a maquiagem, barbear, depilação ou pentear os cabelos. Do contemporâneo ao tradicional, a iluminação deve destacar o visual do banheiro e o seu visual pessoal.

Área externa
Segurança e destaque são as funções de uma iluminação externa. Para destacar a paisagem, distribua a luz através dos caminhos e passagens com arandelas e balizadores. Para maior segurança, é possível iluminar todos os lados da casa e arbustos que possam esconder assaltantes com refletores Led.

10 dicas de iluminação para um ambiente mais aconchegante

1. As inúmeras possibilidades de iluminação podem e devem ser tratadas como uma forma de manipular as sensações do ambiente, não só para simplesmente para iluminar.
2. Iluminação pode ser usada meramente para efeito decorativo.
3. “Manchas” na iluminação trazem um ar mais natural e aconchegante. Cuidado: uma iluminação chapada branca pode transformar a atmosfera do seu ambiente para um aspecto de hospital ou shopping. Prefira que o tom da lâmpada seja âmbar ou amarelado (a não ser que opte por outras cores) para trazer mais aconchego.
Qual dos tons de iluminação acima dá mais aconchego?
4. A luz focal, trazida por luminárias, spots ou pendentes, muitas vezes é usada para eleger um objeto ou um espaço de interesse. Vários pendentes ficam muito bem se distribuídos sobre uma ilha e seguirem o seu desenho.
5. Cuidado com o formato das lâmpadas que ficam aparentes, pois elas podem arruinar o visual da luminária.
6. A iluminação pode mudar visualmente o tamanho ou formato do ambiente. Usar o teto como refletor é uma solução para aumentar a quantidade de luz e elevar visualmente o pé-direito de um ambiente. Já o pendente com o foco de luz para baixo é usado para rebaixar ilusoriamente o pé direito. Por fim, spots direcionados para as laterais aumentam visualmente um corredor.
7. Fique atento no tipo de luminária. Plafons são os mais usados iluminação geral difusa.  Arandelas normalmente não são suficientes para iluminação geral, mas são apropriadas para iluminação de apoio. Texturas se tornam mais dramáticas com a iluminação direcionada. Spots e arandelas são muito usados para trazer essa dramaticidade ou destaque para a parede ou objetos nela contidos.
8. Arandelas laterais facilitam as atividades em frente ao espelho do banheiro ou de camarins, não gerando sombras no rosto e facilitando, por exemplo, maquiagens para as mulheres e o barbear para os homens.
9. Iluminação sob os armários facilitam o trabalho em bancadas como as de cozinha.
10. Luminárias de mesa ou de chão e abajures são ideais para uma iluminação de apoio esporádica e permitem mobilidade entre os ambientes. Trazem um aconchego e uma sofisticação a mais.
Muitas opções e ótimos preços em Iluminação, você encontra em http://www.huntertrade.com.br

Caprichar na iluminação faz diferença na hora de deixar a casa aconchegante

Um dos elementos mais envolventes da decoração, a iluminação é fundamental para dar o clima certo a cada tipo de ambiente. Seja dentro de casa ou em áreas comerciais, o uso correto da luz interfere, e muito, na dinâmica dos espaços.14674085

A iluminação está ligada ao nosso metabolismo e influencia diretamente na nossa qualidade de vida.

Arandelas, abajures, luminárias pendentes, de mesa e de piso ou luzes embutidas ou em trilhos viram elementos de design, sendo incorporados à decoração. Saber quando escolher cada tipo é importante para extrair o melhor de cada peça e garantir que a beleza não se sobreponha à funcionalidade.

Entender as necessidades do cliente e os tipos de tarefas que serão executadas em cada espaço é fundamental, pois cada momento exige um tipo distinto de luz

Por onde começar088_Iluminacao01

O ponto de partida de qualquer projeto luminotécnico é a escolha dos tipos de lâmpadas. Os quatro mais comuns em áreas residenciais são: incandescentes comuns, halógenas, fluorescentes e LEDs. O que diferencia cada uma é a temperatura, medida em graus Kelvin, que vão de um espectro amarelado (menor Kelvin), ideal para momentos de relaxamento, a uma luz branco-azulada (maior Kelvin), melhor em áreas que precisam de luz neutra e que reflita a cor real dos objetos, como cozinhas ou escritórios.

Em ambientes residenciais, a temperaturas de cor entre 2 e 3 mil Kelvin, que é o famoso branco quente, nos proporcionam uma luz mais aconchegante.

Em áreas de trabalho,  optem pela luz entre 5 e 6 mil Kelvin -também chamado de branco frio.

Relax merecido

14182375_BkCdb

No quarto principal e nas áreas de descanso, o ideal é uma iluminação indireta. Uma forma simples de executar é colocar lâmpadas de baixa intensidade em pontos estratégicos. Abajures com cúpula, dispostos em cada lado da cama, garantem conforto para a hora da leitura individual.

Arandelas são uma boa opção, com sua luz suave e pontual. Como no quarto a cama é o elemento principal, não é indicado o uso de luzes diretas, que incidam sobre os olhos das pessoas quando estiverem deitadas, ofuscando ou atrapalhando o momento prévio ao sono.

Se o ambiente for de um tamanho maior, tire partido de luminárias decorativas em coluna, dispostas em cantos. As opções de chão articuláveis podem ser dispostas de forma a refletir a luz em paredes ou pontos específicos. No closet, abra mão do conforto das luzes amarelas e instale lâmpadas fluorescentes ou LED 6 mil Kelvin, para garantir a claridade necessária na hora de visualizar as peças e escolher as roupas. Uma opção é embutir luzes em um recorte de gesso no teto, ou até mesmo iluminando indiretamente áreas do armário.

Na hora do convívio

8e9e9641109e62a7c8ead31d477fca44

Nas salas de estar e jantar, o importante é criar diferentes níveis de iluminação, utilizando luminárias de mesa, chão e pendentes. Isso agrega contraste aos ambientes, elemento fundamental na hora de decorar espaços tão dinâmicos e multifuncionais. Evidenciar elementos da marcenaria, como prateleiras que recebem luz embutida, ou a mesa de centro e de jantar com um lustre baixo e de luz quente, funciona bem. A ideia é que a iluminação desses espaços seja versátil.

Coloque luminárias de chão ao lado do sofá: elas ajudam a iluminar e não atrapalham na hora de ver televisão. No teto, use spots com luz voltadas para pontos específicos da decoração, como obras de arte ou painéis. Arandelas com lâmpadas amarelas e saídas duplas de luz nas paredes podem funcionar, se os espaços forem mais amplos.

Na sala de jantar, a luz saindo de uma sanca cria uma iluminação indireta que chega a todo o ambiente de forma agradável. Se o pé direito for muito alto, um pendente com uma lâmpada mais forte ajuda a criar um ponto de luz focado para as refeições.

A vez da luz branca

3

Quando se trata da cozinhas, é importante usar lâmpadas fluorescentes, que não criam sombras e permitem melhor visualização do que está sendo executado. Para evitar o aspecto frio deste tipo de iluminação, embutir as luzes em sancas garante que o ambiente seja iluminado de forma mais uniforme e aconchegante. Lâmpadas dicroicas podem ter o foco direcionado para bancadas, prateleiras ou armários, incluindo mais uma camada de luz nos espaços. Já em banheiros e lavabos, a função da luz fria é ampliar o espaço.

Aliar às lâmpadas o uso de espelhos com iluminação frontal, como de camarins, e uma arandela de cada lado, funciona para anular as sombras e garante uma maquiagem perfeita. Se quiser incluir alguma luminária, opte por modelos de design mais hermético, como as de caixa de acrílico, que escondem as lâmpadas.